Você está em:

Escola em Saída promove o protagonismo estudantil por meio do voluntariado

Professores e alunos posam para foto, no palco do auditório.

As aulas de Empreendedorismo Social e Empresarial, ministradas voluntariamente por professores da PUC Minas, com o apoio de estagiários da universidade e de estudantes do Colégio Santa Maria Minas – Unidades Betim, Coração Eucarístico, Floresta e Pampulha, já tiveram início. A atividade faz parte do projeto de responsabilidade social do CSM Minas, “Escola em Saída”, desenvolvido com o objetivo de promover ações concretas de cooperação e solidariedade com a comunidade do entorno das Unidades Escolares.

A última aula inaugural do projeto foi realizada na manhã do dia 15 de setembro, envolvendo os estudantes da Unidade Coração Eucarístico e da Escola Estadual Professor Morais. O evento contou com a presença de diretores, coordenadores, professores, alunos e funcionários dos dois colégios; do diretor-geral religioso do CSM Minas, padre Márcio Ribeiro de Souza; e da professora do Instituto de Ciências Econômicas e Gerenciais (Iceg), da PUC Minas, Soraya Cardoso Pongelupe.

O projeto de empreendedorismo é uma parceria entre o CSM Minas e a PUC Minas, por meio do Iceg, na qual professores da universidade ministram aulas gratuitas on-line, síncronas e assíncronas, a estudantes de escolas públicas. Participam da ação mais de 50 estudantes do CSM Minas, do 9.º Ano/EF ao Ensino Médio. Na Unidade Coração Eucarístico são os estudantes da que fazem a eletiva Voluntariado e Responsabilidade Social.

O curso de Empreendedorismo tem duração de três meses e é dividido em quatro módulos. Ao final serão produzidos trabalhos, com a apresentação a uma banca de docentes da PUC Minas, explica a professora do Iceg, Soraya Cardoso Pongelupe. Todos os alunos beneficiados receberão certificado de conclusão de curso, emitido pela PUC Minas.

“Por meio do projeto, os jovens demonstram que realmente pretendem fazer a diferença na sociedade. Os trabalhos serão apresentados também à investidores sociais e, desta forma, poderão ser colocados em prática”, acrescenta a professora.

Um dos coordenadores do “Escola em Saída”, o professor do CSM Minas, João Carlos Ribeiro, também presente à aula inaugural, fala da importância do protagonismo estudantil, destacando a participação das mulheres. “Só tenho a agradecer a participação de todos vocês. Fico muito feliz ao ver que todas as participantes da Escola Estadual Professor Morais são mulheres. Isso demonstra o quanto são fortes e protagonistas”, acrescentou.