Você está em:

Unidade Sete Lagoas desenvolve projeto “Terra Adorada”

A comunidade educativa do Colégio Santa Maria Minas – Unidade Sete Lagoas participa, desde o início do ano letivo, do projeto “Terra Adorada”, voltado para a preservação ambiental do município, em especial da Serra de Santa Helena, localizada em uma área de preservação ambiental, ponto de maior altitude do município. O projeto, que tem o apoio da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), está alinhado com 15.º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), proposto pela Organização das Nações Unidas (ONU), Vida Terrestre.

Segundo o Coordenador do Ensino Fundamental – Anos Finais e do Ensino Médio, Claudio José Raposo França, orientador do “Terra Adorada”, os estudantes e familiares estão muito envolvidos com o projeto, que requer pensamento crítico e investigação científica. “Os alunos estão propondo ações e intervenções, como o uso e manejo correto do solo, para tornar a cidade cada vez melhor de se viver”.

O fortalecimento do senso de responsabilidade em relação à Casa Comum é um dos pontos destacados pelo aluno do 7.º Ano/EF, Arthur Ferreira Lages. Segundo ele, os estudantes criaram o blog “ O Despertar de um Novo Pensamento Ambiental e Social”, onde tratam de temas como o meio ambiente e a cidadania. “Durante as pesquisas e reuniões e pauta, percebi o quão é importante discutir, desenvolver e aplicar soluções voltadas para a melhoria do local onde vivemos. Nossas atitudes, mesmo que pequenas, podem fazer a diferença na vida de muita gente”.

A estudante da 3.ª Série/EM, Chloé de Lima da Silva Cruz, reforçou a importância do trabalho interdisciplinar como ferramenta para a construção de um futuro melhor para o município. “Não queremos encontrar uma solução para o problema de poluição vivido em Sete Lagoas, mas, sim, mostrar suas consequências e as formas de diminuir sua gravidade”, acrescenta.