Você está em:

Novas alternativas de existência em um mundo em crise

Refletir sobre as novas alternativas e formas de resistir e reexistir diante da crise socioambiental, política e econômica no Brasil e no mundo é a proposta da Semana de Ciência, Arte e Política realizada pela PUC Minas no São Gabriel, no período de 31 de agosto a 5 de setembro. O tema Mundo por Vir será discutido através de conferências, mesas-redondas, atividades culturais, oficinas destinadas a alunos e à comunidade local. As discussões pretendem nos dar oportunidade de compreender a complexidade do cenário atual e conhecer as práticas de criação de novas possibilidades de vida.

A conferência de abertura – O Deslocamento Forçado no Mundo Contemporâneo: Um Desafio Global com Repercussões Locais – será proferida pelo jornalista Luiz Fernando Godinho, Porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados no Brasil. O conferencista apresentará as estatísticas mais recentes sobre o deslocamento forçado no mundo e discutirá o impacto desse fenômeno na sociedade contemporânea.

Apesar de ter como objetivo principal a formação geral do aluno, há várias atividades destinadas ao público externo e à comunidade local. No dia 29 de agosto, a partir das 9h, a comunidade do bairro é convidada a participar através do cortejo de maracatu que atravessa as ruas. As oficinas da Scap Lá e Cá contemplam várias áreas do saber e são destinadas a alunos das escolas da região e outros públicos. Há oficinas de educação ambiental, criação de personagens 3D, economia doméstica, dança do ventre, redação para o Enem, entre outras.

Na área cultural, estão programadas várias apresentações de artistas do Centro Mineiro de Cultura, o antigo Curral do Samba. O espaço é reconhecido como o berço do samba na capital mineira.

Sobre a Scap

Em 2015 a Unidade São Gabriel realiza a VII edição da Semana de Ciência, Arte e Política na unidade São Gabriel. O envolvimento de Ensino, Pesquisa, Extensão e da Pastoral na construção e realização das atividades garante o caráter interdisciplinar ao evento. As políticas das diversidades, o resgate de comunidades e culturas à margem das hegemonias, a descentralização do poder e a abertura a diversos grupos em busca de novas propostas são constante foco de problematização nas três últimas edições.

A programação está disponível no site www.pucminas.br/scap

Informações: (31) 3439.5298.