Você está em:

Colégio Santa Maria no combate ao vírus da gripe

​Com a proximidade do inverno e o consequente aumento do número de pessoas infectadas com o vírus da gripe, o Colégio Santa Maria orienta toda a comunidade escolar a adotar medidas que possam evitar a proliferação do vírus influenza, dentre eles o H1N1. Durante as aulas, os alunos são orientados sobre a importância da higienização, como a lavagem frequente das mãos.

As salas de aula das Unidades são arejadas e limpas diariamente, assim como as demais dependências da escola. Nas áreas comuns, como os corredores e banheiros, foram disponibilizados reservatórios com álcool em gel para que alunos, professores e funcionários possam utilizar.

H1N1

A gripe é transmitida de uma pessoa para outra, por meio de gotas de saliva expelidas ao falar, espirrar ou tossir. Também pode ser transmitida por meio do compartilhamento de objetos contaminados, como talheres, copos, entre outros.

Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requer cuidados especiais. O infectado apresenta febre alta (acima de 39°), de início repentino. Também sente dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações, além de irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e inapetência (falta de apetite). Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.

Para proteger-se contra a infecção ou evitar a transmissão do vírus, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda:

* Lavar frequentemente as mãos com bastante água e sabão ou desinfetá-las com produtos à base de álcool;

* Jogar fora os lenços descartáveis usados para cobrir a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar;

* Evitar aglomerações e o contato com pessoas doentes;

* Não levar as mãos aos olhos, boca ou nariz depois de ter tocado em objetos de uso coletivo;

* Não compartilhar copos, talheres ou objetos de uso pessoal;

* Suspender, na medida do possível, as viagens para os lugares onde haja casos da doença;

* Procurar assistência médica, se o doente pertence a um grupo de risco e se surgirem sintomas que possam ser confundidos com os da infecção pelo vírus H1N1 da influenza tipo A. Nos outros casos, permanecer em repouso e tomar bastante líquido para garantir a boa hidratação.