Você está em:

Ação inédita do Colégio Santa Maria Minas reúne comunidade escolar

A pandemia provocou enormes mudanças no cotidiano social, como forma de combater a proliferação do coronavírus. A Educação e o Esporte foram setores que sofreram com o impacto das restrições, porém, souberam se reinventar e criar novas formas de conexão, com a adoção do regime remoto de ensino e a criação de novas metodologias.

O Colégio Santa Maria Minas (CSM Minas), que desde 2002 oferece atividades extracurriculares esportivas e culturais aos estudantes, por meio do SMMEC (Santa Maria Minas Esporte e Cultura), foi além. Adotou o regime remoto de ensino, mas também se preocupou em cuidar do bem-estar dos estudantes e seus familiares, professores e funcionários, passando a oferecer, gratuitamente, atividades extracurriculares. Diariamente, professores especializados ministram aulas síncronas, sempre a partir das 19h, pela ferramenta Teams. E neste momento, com o retorno opcional das aulas presenciais e a adoção do sistema híbrido, o projeto esportivo-cultural continuará sendo oferecido de forma on-line.

Segundo a coordenadora de Área de Linguagens – Educação Física, Aracelle Moura Rabelo, trata-se de uma iniciativa inédita entre as escolas de Belo Horizonte e região metropolitana. São oferecidas, gratuitamente, aulas de judô, jiu-jitsu, danças, futsal, jogos teatrais, alongamento, pilates, aulas temáticas, além de meditação, em parceria com a Comissão Pedagógica de Inteligência Emocional do CSM Minas. As atividades são disponibilizadas para toda comunidade escolar.

“Recentemente, no final de uma aula de meditação, o professor abriu espaço de fala e um estudante agradeceu a partilha, informando que estava acompanhado de sua mãe e sua avó. Ele disse que se sentia muito grato por isso. São relatos que nos encorajam a buscar novas pontes para estarmos sempre conectados, mesmo que virtualmente”, disse.

Aracelle Moura Rabelo, coordenadora de Área de Linguagens – Educação Física

Incentivo da família

Um dos estudantes mais participativos é Thiago Frade Chaves, do 6.º Ano/EF. Presente em todas as aulas, ele conta com o apoio da família na realização das atividades. “Eles me incentivam muito e, quando preciso, participam ou aparecem para me ajudar. Comecei a frequentar as aulas de judô, mas me identifiquei com os jogos teatrais e não falto a nenhuma aula”, diz.

Ruth Frade Chaves, mãe do estudante, reforça a importância das atividades extracurriculares nesse momento de pandemia e distanciamento físico. “O Colégio ofereceu uma oportunidade única para os estudantes se manterem ativos, interagindo com os colegas. E é gratuita! Isso demonstra a preocupação com a saúde e a qualidade de vida dos estudantes”, finaliza.

Estudante Thiago Frade Chaves, do 6.º Ano/EF.