Você está em:

A princesa que não sabia espirrar

Nos dias dois e três de junho, as turmas do 2.º Ano/EF, da Unidade Cidade Nova, realizaram  apresentações teatrais baseadas na obra "La princesa que no sabia estornudar", de José Cañas. A peça foi encenada em espanhol para várias turmas do Ensino Fundamental. Os alunos se fantasiaram como os personagens do livro.

Para dar início à apresentação, a professora de Língua e Literatura Espanhola, Ana Paula Alves, sempre perguntava para os espectadores o significado da palavra estornudar (espirrar). Somente após a resposta correta , a peça era iniciada.  A professora propôs essa atividade, porque acredita que, além de desenvolver habilidades fonológicas da língua estrangeira, os alunos trabalham a memória, a entonação, a postura em público e conseguem superar a timidez.

Para Ana Paula Alves, esse tipo de exercício pode ser um meio de avaliação mais eficiente, já que muitos estudantes, ao encenar, desenvolvem habilidades e talentos que muitas vezes não tem a oportunidade de potencializar em uma prova escrita, por exemplo.