Você está em:

A evolução científica em maquete

Nos dias 22 e 23 de junho, os alunos do 9.º Ano/EF, da Unidade Cidade Nova, desenvolveram modelos atômicos (modelo científico que se usa para explicar os átomos e seus comportamentos), usando tinta e isopor. A proposta da professora de Química, Fernanda Verediano, foi elaborar uma maquete que ilustrasse a contribuição de cada cientista na construção do modelo atômico, desde o primeiro modelo de Dalton (uma simples esfera maciça e indivisível), até o mais próximo do atual modelo aceito de Bohr (níveis de energia).

Segundo a professora, através da visualização da maquete, a compreensão do modelo ficou mais fácil. A atividade proporcionou entre os alunos grandes questionamentos sobre a evolução da ciência a partir das teorias, modelos e postulados existentes. "Foi uma forma divertida de se fazer ciência para aprimorar o aprendizado", comentou Fernanda Verediano.